Publicado el 2021-03-27 en Idiomas

Conhece a lenda do Galo de Barcelos com o Centro de Língua Portuguesa Camões-UNLA

Por Dhilery Alejandra García Hernández e María Helena Caseiro Da Silva

 

Quando estudamos português é quase impossível não conhecer a história do galo de Barcelos. Mas primeiro precisamos saber o que é “Barcelos”.

 

Barcelos  

É uma antiga cidade portuguesa do século XII, no distrito de Braga, região do Norte e sub-região do Cávado, com uma grande história, que conta com diversos monumentos medievais, como a Igreja Matriz Santa Maria de Barcelos, Torre do Cimo da Vila e o Monumento Castrejo, sendo também imprescindível visitar a zona histórica, onde se destaca a famosa Ponte de Barcelos, ponte medieval de estilo gótico do século XIV. Um dos símbolos da cidade e um dos mais famosos de Portugal é o Galo de Barcelos, antiga lenda e que conta com diversos monumentos do famoso galo espalhados por toda a cidade.

 

Agora já sabemos onde fica Barcelos em Portugal, agora conheceremos a lenda do Galo de Barcelos, que desde as décadas de 50 e 60 tem sido a imagem turística de Portugal e uma lenda que os estudantes da língua portuguesa devem conhecer antes de visitar Portugal.

 

 

A história do Galo de Barcelos

 

Diz a lenda que em algum momento na época medieval, ocorreu um crime na cidade de Barcelos que ninguém conseguia desvendar e não havia a quem culpar. Porém, o Juiz não poderia proceder a uma sentença se não havia um culpado. Era difícil, pois numa aldeia tão “pacata” era impossível conseguir tal coisa, ideal seria mesmo que passasse por ali algum estrangeiro, um peregrino que fosse passar pela aldeia.

 

Um dia, um jovem galego que passava pela região, peregrino a caminho de Santiago de Compostela, para cumprir uma promessa, acabou por ser acusado pelos moradores como suspeito do crime. Acabou condenado à forca.

 

Alegando a sua inocência, o jovem pediu que fosse levado até o juiz e assim foi . No encontro, reafirmando que não havia cometido crime algum e perante as gargalhadas do juiz e demais presentes, o jovem apontou para um frango assado na mesa do banquete que ocorria ali e disse: “É tão certo eu estar inocente, como certo é esse galo cantar quando me enforcarem”.

 

Claro, ninguém acreditava no rapaz, porém, na hora do enforcamento, o galo assado levantou-se e cantou!

 

O juiz, desesperado, foi até à forca para tentar evitar a injustiça e chegou a tempo de ver o rapaz sobreviver por conta de um nó mal feito na corda.

 

Solto e inocente, o galego voltou anos depois e construiu o famoso Cruzeiro do Senhor do Galo, em louvor à Virgem Maria e a São Tiago.

 

Com a lenda do Galo de Barcelos, temos de voltar no tempo para a época medieval. Um peregrino estrangeiro estava a fazer o caminho de Santiago de Compostela e foi salvo da forca graças ao cantar de um galo. Por isso, todos os turistas que visitam Portugal devem de comprar o famoso galo de Barcelos. Como um símbolo de “boa sorte” se assim podemos chamar.

 

Hoje em dia, o Galo de Barcelos está presente em eventos e promocionais de Portugal e é quase impossível visitar Portugal sem comprar um artesanato do Galinho de Barcelos, que representa a história de Portugal e a grandeza cultural do país. 

 

No Centro de Língua Portuguesa (CLP) Camões-UNLA os estudantes não estudam só a língua, mas também aprendem a cultura dos países lusófonos para ter uma aprendizagem integral.

 

Estuda português no CLP Camões-UNLA e aprende sobre as diferentes lendas de Portugal e dos diferentes países lusófonos.

 

Refêrencias:

Barcelos Município. (2021). Galo de Barcelos. 25 de marzo de 2021, de Barcelos Município Sitio web: https://www.cm-barcelos.pt/visitar/artesanato/galo-de-barcelos/

 

Visit Portugal. (2020). Lenda do Galo de Barcelos. 25 de marzo de 2021, de Visit Portugal Sitio web: https://www.visitportugal.com/pt-pt/content/lenda-do-galo-de-barcelos

 

Barcelos Município. (2019). A lenda do galo. 29 de marzo de 2021, de Barcelos Município Sitio web: https://www.cm-barcelos.pt/visitar/caminho-portugues-de-santiago/a-lenda-do-galo/




Compartir:

Comentarios ()

Otras entradas

Inicia tu proceso de admisión
Lago UNLA