Publicado el 2021-04-26 en Idiomas

O Brigadeiro: das terras brasílicas para a UNLA

Por Fernanda Raquel de Brito Araújo

 

O que dizer sobre o doce mais amado pelos brasileiros e um dos mais apreciados por muitos estrangeiros mundo afora? 

 

É mais conhecido pelos estrangeiros como “trufas brasileiras” devido a aparência que remete às famosas trufas francesas.

 

 

Tipicamente brasileiro, produzido artesanalmente, elaborado com ingredientes nobres, decorado com esmero, embalado como um presente e degustado com muito prazer.  Essas são algumas características que fazem do Brigadeiro o astro maior na lista dos doces mais requisitados em festas e celebrações brasileiras. 

 

Originalmente, o substantivo “brigadeiro” dá nome a uma patente militar. No pós-guerra, um grupo de mulheres criou a receita do doce, batizando-o de brigadeiro para homenagear o presidenciável Eduardo Gomes, oficial da aeronáutica brasileira e, à época, candidato a presidente do Brasil. 

 

Infelizmente o brigadeiro Eduardo Gomes não ganhou a eleição, mas em compensação os brasileiros ganharam a receita do doce mais democrático e saboroso do Brasil.

 

Da versão original -feita com chocolate em pó e leite condensado- à gourmetização. A criatividade brasileira levou à metamorfose do Brigadeiro, com a criação de versões exóticas, veganas, afrodisíacas, alcoólicas e sem lactose.

 

E os sabores? Hoje é possível encontrar uma lista sem fim de sabores de brigadeiros: café, cappuccino, frutais, amendoim, coco, especiarias, queijo, chocolate branco, amargo e ao leite... sabores que agradam o paladar até dos mais exigentes. 

 

Hoje em dia, é possível encontrar em várias cidades do mundo –Los Angeles, Nova Iorque, Miami, Amsterdam, Cidade do México, Paris– as famosas Brigaderias, negócios exitosos cujo protagonismo pertence ao Brigadeiro.  

 

E não poderia faltar uma receita fácil e que pode ser preparada até por uma criança, com supervisão de um adulto, é claro!

 

Você tem leite condensado e chocolate em pó em seu armário? Então não perca tempo! Faça hoje mesmo a receita.

 

Em uma panela de fundo grosso coloque uma lata de leite condensado, três colheres de sopa de chocolate em pó –ingrediente que pode ser substituído por cacau em pó– e uma colher de sopa de manteiga. Misture tudo e leve ao fogo mexendo sem parar até a massa desgrudar do fundo da panela. 

 

Está pronto! Fácil, não é? 

 

Em minhas aulas de português para estrangeiros a receita do brigadeiro não pode faltar. É uma excelente oportunidade para os alunos conhecerem um pouco mais da cultura brasileira e enriquecer o vocabulário.

Estuda português no Centro de Língua Portuguesa (CLP) Camões-UNLA e aprende mais sobre a cultura e a culinária dos países lusófonos. 

 

Referências

https://revistagalileu.globo.com/Sociedade/noticia/2018/09/brigadeiro-conheca-historia-politica-e-curiosa-do-doce-brasileiro.html

 

https://www.youtube.com/watch?v=QAzmDhxMsW4

 

https://www.youtube.com/watch?v=czicUPrA5_o

 

Compartir:

Comentarios ()

Otras entradas

Inicia tu proceso de admisión
Lago UNLA